fbpx
Menu
Beleza

Rotina diária de limpeza da pele

Dicas para uma pele bonita e saudável com ingredientes naturais

beleza começa pelo rosto e nada melhor para melhorar o aspeto da pele e o resultado final da maquilhagem que ter uma boa rotina de limpeza de pele. Começamos pelo básico: limpar a pele. 

Sabão natural para limpar o rosto e corpo

É muito importante lavar o rosto, pois o acúmulo de sebo, sujidade e de “células mortas” na pele, facilitam o aparecimento de inflamações como a acne. Os melhores produtos de limpeza que eu recomendo são dois: água + sabão. Simples assim!

Limpar, desobstruir os poros e hidratar dão um aspeto saudável à pele e ainda protegem de danos como poluição, oleosidade e variações climáticas. O ideal é utilizar sabonetes adequados para a pele do rosto e com ativos que facilitem a remoção da oleosidade excessiva.

Com que frequência devo lavar a pele do rosto?

Devemos lavar o rosto apenas duas vezes por dia, pela manhã e à noite. Lavar em excesso prejudica a nossa pele e faz com que esta produza mais sebo para compensar a secura provocada pela limpeza em excesso, deixando o rosto com aspeto ainda mais gorduroso.  

Além disso, um rosto limpo e livre de resíduos de maquilhagem todos os dias é um passo essencial para todos os tipos de pele, mas especialmente importante para a pele oleosa, que evita a formação de acne.

Também é preciso escolher o produto para o tipo de pele. Nunca usar o gel de banho, escolhe produtos específicos para teu tipo de pele que tratam enquanto limpam. No mercado, existem diversas variações; desde as indicadas para pele sensívelpeles secas até as peles oleosas.

A temperatura da água também pode prejudicar a pele

Assim como nos cabelos, a pele do rosto também pode ser prejudicada pela temperatura da água. A água quente deixa a pele ressecada, o que estimula glândulas a produzir um excesso de óleo para reequilibrar a textura do rosto. O ideal é lavar o rosto em temperatura ambiente e secá-lo com toalha de forma delicada porque a fricção excessiva também estimula a oleosidade.

É igualmente importante escolher produtos adequados, como produtos orgânicos e biológicos pois, entre muitos outros aspetos, estes produtos agem em simbiose com o metabolismo da pele, preservando o filme protetor natural da epiderme.

Um dos objetivos quando criei a marca Branquinha Cosmética Natural foi precisamente encontrar produtos eficazes, sem químicos processados desnecessários e com qualidades únicas que os cosméticos industriais não podem dar.

Como saber qual o meu tipo de pele?

O tipo de pele depende do equilíbrio do filme hidrolipídico que existe na superfície da pele.

No entanto, existem outros parâmetros a ter em conta como a pigmentação, as secreções, a vascularização, o ph cutâneo, a hidratação. A análise destas características é essencial para uma boa caracterização do tipo de pele.

Os especialistas em cosmetologia classificam os tipos de pele nas seguintes escalas de classificação: Normal/ Seca/ Oleosa; Sensível/Resistente; Pigmentada/ Não pigmentada; Rugas/Lisa.

Quanto à hidratação, o tipo de pele pode ser:

Pele normal: lisa, aveludada e viçosa, com elasticidade e brilho natural.

Pele oleosa: aparência espessa, brilhante e húmida com hiperatividade das glândulas sebáceas, poros visíveis e é mais resistente.

Pele seca: pouco hidratada e com pouco suor, as suas glândulas sudoríparas e sebáceas são pouco produtivas. Tem aparência opaca e de espessura fina com tendência a descamar. É propensa ao aparecimento de rugas precoces e vermelhidões.

Pele mista: oleosa na zona T e seca nas faces.

Catálogo da Branquinha Cosmética Natural disponível aqui: https://bit.ly/3adLvRZ

Segue marca no facebook ou no instagram em @branquinhacosmeticanatural

About Author

Sou a Andreia e sou comunicadora, empreendedora, mulher, apaixonada, real. Acompanha aqui as minhas sugestões de bem-estar e dicas de cosmética natural.

No Comments

    Leave a Reply